Grupo de Orações online

Rumo certo (Devocional Diária – 29-Dez)

“Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” (Mateus 6.33)

“Todos essas coisas lhes serão acrescentadas”. Esta facilmente é a parte do versículo que mais chama a atenção. Há muitas pessoas desenvolvendo uma fé baseada nos acréscimos que esperam ter com ela. É como se crer fosse uma forma de explorar Deus. Quando mais se crê, mas direitos se tem. E a igreja torna-se a banca ou banco de investimento. E aí mergulha-se numa teologia governada por “crer o bastante” e “tomar posse”, em que se canta que “minha benção vai chegar”. Nessa visão o segredo é ser persistente, insistente, guerreiro, inabalável na fé e assim colocar Deus contra a parede! O interessante em relação a quem abraça esse tipo de fé é que, pretendendo explorar, acaba explorado. Movido pelo interesse de manipular Deus, acaba tornando-se um joguete nas mãos de manipuladores.

Muitas pessoas vivera 2015 guiados por uma fé assim. Pretendendo beneficiarem do Reino, desviaram-se dele. Seguiram um outro reino, nada divino. Algumas, movidas por necessidades legítimas, foram iludidas por uma fé ilegítima. Em 2015 vimos também muita má fé. Não sei você, mas nunca antes havia ouvido tantas vezes palavras como “corrupção”, “esquema” e “desvio”. As cifras assustam. É dinheiro demais! O Reino de Deus é justamente a contradição de tudo isso e não uma imitação. Se formos portadores de uma fé interesseira e corrompida, que esperança haverá? Somos chamados por Deus para sermos sal e luz, para amar a justiça e sermos bondosos. E devemos assumir compromissos para 2016 que nos levem a ser o tipo de pessoa que Deus nos pede para ser. Devemos superar as ilusões que nos fazem materialistas, egoístas e mal intencionados.

Em 2016 poderemos realizar desejos, não há problema, se fizermos isso sem pecar contra nosso dever de servir e honrar a Deus em todas as coisas. Se isso não nos impedir de servir ao nosso próximo e dedicar tempo à nossa família e à nossa missão cristã. O Reino de Deus veio a nós e nos foi dado, mas precisamos dar a ele o lugar devido. Deveríamos ter vivido 2015 e todos os anos que o antecederam buscando-o em primeiro lugar! Se foi assim, já sabemos como ele nos acrescenta. Se não, é importante nos arrepender e dar novo rumo à nossa vida. Que 2016 nos encontre seguindo no rumo certo, priorizando e aprendendo a priorizar o Reino de Deus. Conhecendo-o e, com ele, descobrindo a verdade sobre a vida. Não haverá começo melhor!