Grupo de Orações online

Primeiro o Reino de Deus (Devocional – 27 de Maio)

“Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” (Mateus 6.33)

Nossa sociedade é classificada com cristã, mas não o é de fato. Não somos uma sociedade cristã porque não somos uma sociedade que vive e enfrenta os problemas de forma cristã. Temos muitas igrejas cristãs em nossa sociedade, aliás, é isso que nos leva a ser reconhecidos como uma sociedade cristã. Se a maioria dos templos em nossa sociedade fosse budista, seriamos uma sociedade budista. Mas, quantas de nossas igrejas realmente tem uma agenda e uma pregação cristã? Temos muitos templos cristãos porque temos muitas pessoas que se declaram cristãs e frequentam esses templos. Somos até tratados hoje como uma classe distinta de consumidores e somos explorados como consumidores. Inclusive por igrejas! Mas, quantos de nós estão vivendo e tomando decisões como cristãos, de fato?

Jesus disse que devemos buscar o Reino de Deus em primeiro lugar. Ele disse isso dentro do contexto de nossas preocupações com o sustento diário (comer, beber e vestir-se). E disse que não devemos colocar as necessidades materiais em primeiro lugar. Quando estão em primeiro lugar somos levados a orientar nossa vida por elas. Podemos chegar ao ponto de tentar satisfaze-las, sem em mesmo considerar a forma como o fazemos. É assim que funciona! Nossas prioridades definem nosso critérios. Isso explica a injustiça, corrupção, dissimulação, egoísmo e maldade e a falta de hombridade, misericórdia, bondade, amor, verdade e honestidade em nossa sociedade. Precisamos nos voltar para Deus! Precisamos conhecer o poder do Evangelho de Jesus Cristo.

O Evangelho de Jesus tem ficado encoberto pelos entulhos de nossa religiosidade, de nossas tradições e de nossas instituições. Tem faltado o quebrantamento que momentos de silêncio e confissão diante de Deus geram. Tem faltado o exame interior realizado pelo Espírito Santo. Tem faltado as mãos dadas por motivos que convidam Jesus a estar entre nós (Mt 18.20). Dizemos que nos reunimos em nome dEle, mas fazemos tudo do nosso próprio jeito. Não é ao Reino que buscamos, somos a nós mesmos! Mas o convite está feito: busquem em primeiro lugar o Reino de Deus. E tenhamos cuidado pois, é a certeza de que estamos fazendo isso, sem que estejamos, que mais nos distancia de fazê-lo!