Grupo de Orações online

Para cansados e sobrecarregados (Devocional Diária – 23-Nov)

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados…” (Mateus 11.28)

Há um grupo de pessoas a quem Jesus explicitamente convida para ir a Ele. Um grupo do qual todos nós, em algum momento, fazemos parte. Não importa a classe social ou o nível intelectual. Não importa a idade ou o ramo de atividade a que se dedica, e nem mesmo se já se aposentou. Todos, em algum momento, unem-se a este grupo. Um grupo desinteressante para a maioria dos que tem algum convite a fazer. Um grupo que não tem muito a oferecer. Ao contrário, um grupo que precisa receber. Afinal, para que servem os cansados e sobrecarregados? Gente que não quer falar, não quer andar, não quer continuar? Gente que deseja morrer ou pelo menos sumir? Gente que pensa (e sente): basta!

Onde estão essas pessoas? Há muitas ou poucas? Elas estão em toda parte. Algumas podem ser identificadas facilmente pois trazem no rosto a declaração de derrota e frustração. Estão cansadas e esgotadas. Mas a maioria não pode ser identificada assim tão facilmente. São pessoas que não aceitam admitir e, se admitem para si mesmas, não o fazem para os outros. Há um sorriso cobrindo tudo, bem como roupas e acessórios! Não é, necessariamente, uma questão de falsidade, mas de superficialidade. A vida fica sendo o produto de estímulos cujo efeito é sempre mais curto do que gostaríamos: uma conquista, uma promoção, uma viagem, um novo amor… O problema é que sempre chega a hora em que o estímulo não faz mais efeito e o que está guardado dentro vem para fora. Os cansados e sobrecarregados somos todos nós!

Andamos fazendo da vida o que ela não é. Invertemos as prioridades. As coisas tornaram-se mais importantes que as pessoas. Enchemos de coisas nossas mochilas, nossos armários e nossas casas! E das coisas mais caras que pudermos comprar. Coisas que dirigimos, que vestimos, que comemos, que apenas penduramos na parede! E nos faltam pessoas, amor verdadeiro, encantamento com a vida e sentido eterno. Falta-nos graça, misericórdia e bondade. Falta-nos Deus! “Venham a mim”, disse Jesus! “Ninguém vem ao Pai senão por mim” (Jo 14.6). “Eu vim para que tenham vida plena” (Jo 10.10). Mas achamos que não estamos cansados, que não precisamos de Deus e que o temos é, de fato, vida! E assim não entendemos o convite, pensando que é para outros! Mas não é. É para mim e para você. E não é para amanhã. É para hoje!