Grupo de Orações online

Os que choram (Devocional – 15 de Março)

Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados.” (Mateus 5.4)

Chorar não é algo com que lidamos muito bem. A reação natural de quase todos é procurar fazer com que o choro cesse. Parece haver um desconforto quando alguém chora e, para alguns, chorar em público lhes parece um sinal de descontrole. Bem, pode ser que seja e pode ser que o melhor em algum momento seja ajudar o outro a não chorar. Mas certamente não é sempre esta a melhor atitude. Chorar é uma experiência saudável e digna. Há situações em que o melhor a fazer é chorar e, não chorar o pior. Para um mundo viciado em sorrisos, que os usa como máscaras para a dor, o ódio e tantas outras coisas, Jesus disse que são felizes os que choram.

Felizes os que não se anestesiam, os que não fogem e não fingem. Felizes os que se deixam atingir pela dor própria da vida e do momento. Como ver a miséria e não chorar? Como ver a morte e não chorar? “Jesus chorou” (Jo 11.35). Os que choram são aqueles que não dissimulam diante da vida ou desviam o olhar.  Eles lamentam o que ela deveria ser, mas não é. E, diante disso, recorrem a Deus. Tanto para mudar o que lhes fere como para aprender a suportar e seguir em frente. Pois nem tudo muda quando vamos a Deus. E há dores que não serão tiradas! Senti-las não nos matará e não precisamos negá-las. Por que pensar que só há vida se não houver dor? Pode ser justamente o contrário! Só dói porque estamos vivos, porque temos dignidade, porque ainda somos seres humanos.

Os que choram serão consolados, disse Jesus. Consolados, pois indo a Deus com sua dor descobrirão um sentido que está além da dor e que a dor não tem poder para corromper. Consolados pela esperança da vida plena ofertada por Deus em Cristo. Consolados pelo amadurecimento e a compreensão de que a vida dói e dói de várias formas, mas não mata! E nos resta chorar pela nossa dor e amarmos para também chorar pela dor do outro. Uma hora o choro acaba e, até o próximo, sorriremos sorrisos verdadeiros. Talvez só conheça, de fato, o valor do sorriso, quem sabe molhar o rosto com as águas do choro. Não se envergonhe de chorar e chore sempre que a vida doer em você. Chore com Deus e aprende com Ele a chorar melhor. Não se preocupe. Os que assim choram serão consolados.