Grupo de Orações online

Os caminhos de Deus (Devocional Diária – 09-Out)

“Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos.” (Isaías 55.9)

Enganar-se sobre Deus e Seus pensamentos não é de se espantar. Enganamo-nos uns sobre os outros! Imagine sobre Deus! Admirável é que alguns se sintam tão seguros sobre o que pensam que Deus pensa. Claro, temos as Escrituras e elas nos dão pistas e direções que alimentam certezas. Mas, quanto aos pensamentos de Deus a melhor certeza é aquela que nos mantém humildes, admitindo espaço para alguma dúvida. E aí que, de fato, nos exercitamos na fé. Quando ficamos cogitando sobre o que será que Deus está fazendo, sobre como Ele está lidando com aquela situação, sobre como Ele trata determinadas pessoas… e cada vez mais ficamos seguros ao perceber o quanto Ele é amoroso e perdoador. Ele jamais despreza um coração quebrantado (Sl 55.17).

Os pensamentos de Deus são mais altos que os nossos. Isso significa que são mais abrangentes, são melhores, alcançam o que realmente importa e não se constituem de enganos ou ilusões como os nossos. Os nossos são mais baixos, são tantas vezes mesquinhos, egoístas, cheios de ilusões e fruto do que não sabemos. Já ouviu alguém usando a expressão “sonhar os sonhos de Deus”? As vezes se diz isso com um coração estanho a Deus. Tendo em mente não o bem do outro, a disposição de doar e doar-se mais, de perder para honrar a Deus, mas de se ver envolvido em coisas grandes, que projetam o ego e alimentam o narcisismo. Somos uma lástima quando o assunto é seguir os pensamentos e os caminhos a Deus. Até falamos que é isso que queremos mas, na prática, queremos mesmo é que Ele nos siga.

Os caminhos de Deus são mais altos, por isso segui-lo terá algum custo para nós. Especialmente porque este mundo funciona em outra direção, seguindo outros caminhos. Nos caminhos deste mundo não vemos um poderoso colocando a toalha na cintura e lavando os pés dos sem poder. Mas, no caminho do Pai, Jesus, que é o Caminho, sabendo que todas as coisas estavam debaixo de Seu poder (Jo 13.3), fez exatamente isso. Olhando para Jesus poderemos ver onde os caminhos e pensamentos de Deus nos levarão. Servir, amar, perdoar serão compromissos fundamentais de nossa jornada. Uma cruz ameaçará nosso ego, mas será apenas um estágio entre quem somos hoje e quem seremos pela vontade de Deus – Ressurreição. Se nossa fé está em Cristo, Ele nos levará aos caminhos e pensamentos de Deus.