Grupo de Orações online

Não se desvie do amor (Devocional – 05 de Julho)

“Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor.” (João 15.9)

Eis a grande notícia do Evangelho e da qual tudo mais, e todas as demais, decorrem: Deus nos ama. No capítulo quinze de João, Jesus dedica-se às últimas instruções e ensinos para seus discípulos. A crucificação estava próxima. No capítulo treze Jesus lava os pés dos discípulos e lhes fala sobre humildade e serviço. No quinze Ele inicia uma série de ensinos que culminam com a oração que faz por eles e por nós, no capítulo dezessete. Este conjunto de capítulos é uma leitura muito estimulante para a alma. Ao refletir nestes textos estamos participando da intimidade de Jesus com seus discípulos. Uma intimidade em que estamos incluídos, todos nós que somos discípulos de Jesus.
No capítulo quinze o verbo “amar” aparece dez vezes. Ele é o tema central. Jamais teremos um relacionamento de fé saudável com Deus se não crermos em Seu amor por nós. Por isso Jesus assegura aos seus discípulos: vocês são amados! E jamais amadureceremos espiritualmente se não permanecermos em Seu amor. O amor de Deus por nós foi demonstrado por Cristo. Paulo diz que Cristo é a prova do amor de Deus (Rm 5.8). Somos amados sendo exatamente quem somos. Deus sabe mais sobre nós do que nós mesmos, e nos ama. É porque Deus nos ama que podemos orar dizendo “Pai”. É porque Deus nos ama que, após pecarmos, podemos orar e dizer “Pai, perdoa-nos”. É porque Deus nos ama que podemos nos sentir seguros, ainda que não vejamos a resposta que buscamos, e orar dizendo “Pai, entrego tudo a Ti”. Deus nos ama, e isso muda tudo.
Jesus veio a nós porque Deus nos amou. E veio nos dizer que somos amados. Ele morreu por amor a nós e nossa vida está em crer neste amor e nos submeter a Cristo. Quando nos relacionamos com Deus por medo, nos desviamos de Seu amor. Também nos desviamos quando nos relacionamos com Deus por interesse, quando pretendemos merecer Seu favor e queremos apenas que Ele faça a nossa vontade. Quando cremos em Seu amor, confiamos em Sua vontade e escolhemos fazê-la. É assim que permanecemos no amor de Cristo, que nos amou assim como que Deus nos amou. Seguir a Cristo é permanecer em Seu amor e tudo fazer em resposta a essa amor. Afinal, na fé cristã, se não for por amor, não tem valor! Quem tem um coração puro e uma vida reta aos olhos de Deus, não temerá, pois sua consciência não irá condena-lo por nada, porque caso contrário não conseguimos enganar nem a nós mesmos e nem ao Senhor.
 Amar à Deus sobre todas as coisas e só Nele confiar.