Grupo de Orações online

Liberdade (Devocional – 14 de Abril)

“O vento sopra onde quer. Você o escuta, mas não pode dizer de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todos os nascidos do Espírito.” (João 3.8)
De alguma forma eu aprendi que crer em Deus e comprometer-me com Ele significaria uma limitação de minha liberdade. Aprendi isso baseado em muitos textos, especialmente no “negue-se a si mesmo” dito por Jesus (Lc 9.23). E pela forma como vivenciei a fé na igreja. Porém, o próprio Jesus falou de sermos livres, e não o contrário. “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará” (Jo 8.32). É claro, aprendi que se tratava de uma liberdade de outro tipo, espiritual, que só iria de fato entender na eternidade. Parecia-me estranho, mas eu queria crer e então aceitava que era isso mesmo. Mas estava enganado. A liberdade é fruto do Evangelho e é, não apenas para a eternidade, mas para aqui, para hoje, para agora. Jesus veio nos trazer vida plena e tudo começa agora!

Quando somos alcançados pelo amor de Deus e experimentamos sua proximidade, quando somos incluídos em seu Reino, encontramos muita liberdade e leveza. Somos aceitos sendo quem somos, sem que precisemos fingir, pois Deus nos ama exatamente como somos. Primeiro degrau de liberdade. Mas, é claro, Ele é nosso Criador e é perfeito. Suas ideias sobre nós e suas ideias sobre a vida que levamos são melhores que as nossas. As nossas, muitas vezes, podem nos levar para onde não queríamos ir e tirar de nós exatamente o que gostaríamos de manter. Queremos ser felizes, mas não sabemos exatamente como! Queremos paz, mas nossa vida é cheia de aflição e ansiedade. Deus pode nos ajudar em tudo isso!

Precisaremos nos submeter, o que pode parecer perda de liberdade, mas nossas perspectivas mudarão e comprovaremos que as ideias de Deus são boas, prefeitas e agradáveis (Rm 12.1-2). E aí encontraremos a paz e a felicidade que buscávamos. Descobriremos que estamos nos tornando exatamente quem sempre desejamos ser, mas não sabíamos como. Nossas escolhas ficarão mais sensatas e lidaremos melhor conosco e com nossas limitações. Segundo degrau de liberdade. E não para aí! Amados por Deus e estando em Suas Mãos, nos sentiremos seguros e nem mesmo a morte nos assustará mais. Terceiro degrau da liberdade. Quando o Reino de Deus nos alcança, nos faz livres como o vento. Ele nos leva a uma liberdade que nada por aqui pode roubar. O que aprendi antes estava errado. Sou livre aqui, agora e para sempre! A graça de Deus e seu amor me fazem livre!