Grupo de Orações online

Conduzidos por Deus (Devocional – 14 de Julho)

“Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, que o segura pela mão direita e lhe diz: Não tema; eu o ajudarei.” (Isaías 41.13)

Há muitos anos, quando morávamos em um apartamento próximo à igreja, Angela estava saindo de carro pela garagem do prédio quando um garotinho, talvez de uns três anos de idade, morador do prédio, saltou em frente ao carro dela com as mãos estendidas para frente, como quem pretendia fazer o carro parar com a força de seus músculos. Ele estivera escondido atrás de uma das pilastras, esperando a oportunidade de exercer seus poderes especiais. O garotinho estava vestido com uma roupa do Super Homem, com capa e tudo. Atenta, Angela viu o menino e parou imediatamente o carro. Ele então, com um ar de superioridade e satisfação, baixou os braços e saiu do caminho, triunfante. É possível que alguns de nossos triunfos na vida sejam bem parecidos com o daquele garotinho.

Quais são os seus poderes e de onde eles vêm? Em que ou em quem você confia para enfrentar aquilo que é mais forte que você? A quem ou a que recorre para sentir-se seguro? As vezes somos como aquela criança, iludidos com nossos trajes especiais. A juventude, o dinheiro, a posição que ocupamos, a influência que temos, nossa fé ousada… afinal, não são os donos do mundo, mas são filhos do dono! Não é esta a ideia que nos vem das Escrituras e muito menos dos ensinos de Jesus. É certo também que temos alguns recursos para enfrentar a vida, mas não todos. Precisamos da sabedoria e do cuidado e ajuda de Deus. E Ele está do nosso lado. Ele já decidiu agir em nosso favor. Mas nessa relação precisamos lembrar que Ele é o Senhor e nós, servos. E não o contrário.

Ele é Senhor e Deus, sem nós. Quem somos nós, sem Ele? Alguns se bastam, mas, definitivamente, é um engano e ilusão. Quero-o sempre segurando minha mão e sei que sou eu o responsável quando não é assim. As vezes não tenho certeza se Ele abrirá a porta que eu escolhi, mas acredito que Ele sempre abrirá a porta certa! Sinto paz quando lembro-me de Sua voz: “Não tema”. As vezes fico confuso, quando Ele parece deixar tudo como está, quando tudo que eu quero são mudanças! Frustro-me quando percebo que as coisas serão lentas e que Ele não fará o que eu gostaria. Mas minhas forças se renovam quando ouço a Sua voz: “eu o ajudarei”. Esqueça as fórmulas mágicas e as fantasias de poder. Confie em Deus. Nem sempre entenderemos Suas decisões, mas está em Sua vontade a nossa felicidade e segurança. O melhor a fazer é confiar e andar com Ele, pois sem Ele não somos nada e vagamos pelo mundo sem destino. Faça sua parte como cristão e simplesmente ame cada vez mais.

Shalom  e um abençoado dia na presença do Senhor.