Grupo de Orações online

Fé cristã e vida cristã (Devocional Diária – 13-Nov)

“Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra. Meu Pai o amará, nós viremos a ele e faremos nele morada.” (João 14.23)

O alvo da experiência cristã, antes de ser o de levar o fiel a morar com Deus ou, na linguagem religiosa, ir para o céu, é possibilitar que Deus venha morar com o fiel. E então o fiel torna-se o templo de Deus e sua vida o lugar onde Deus deve ser cultuado. Foi essa a compreensão do apóstolo Paulo. Ele afirmou aos cristãos de Corinto: vocês são o templo de Deus (1 Co 6.19). E aos de Roma ele disse: cultuem a Deus com a vida de vocês (Rm 12.1-2). Enquanto não entendemos isso, os templos que construímos e nos quais nos reunimos, em lugar de promover melhorias em nossa espiritualidade a tornará adoecida. Em lugar de apoiar a comunhão, com Deus e com as pessoas, será um obstáculo a ela. Em lugar de nos ajudar no serviço a Deus, substituirá Deus em nossas vidas.

Segunda a fé cristã devo servir na obra de Deus, mas segundo esta mesma fé é fundamental que a obra que Deus seja feita em mim (Fl 1.6). Jesus prometeu que Deus nos atenderia, mas não podemos nos esquecer que crer é, sobretudo, atender a Deus. A oração que mudou a história foi feita por Jesus e nela o alvo não foi conquistar do Pai o que queria, mas fazer a vontade do Pai: “Não seja como eu quero, mas como Tu queres” (Mt 26.39). É essa a oração que pode mudar nossa vida! A vontade do Pai é que amemos, pois é o amor o grande mandamento. Amor a Ele mesmo, mais que a qualquer pessoa ou coisa, e ao próximo como a nós mesmos. A fé cristã nos coloca diante da vontade de Deus e só é verdadeira se levamos à sério o que Jesus nos ensinou, imitando-o em nosso modo de vida. Isto envolve servir, priorizar o Reino de Deus, perdoar, crer, confiar, negar-se e tantas outras coisas. E todas elas, por amor.

É assim a experiência cristã: conhecer o amor de Deus. E é no exercício de amar que se conhece o amor. É assim também que experimentamos verdadeiramente a comunhão com Deus – “nós viremos a ele e faremos nele morada”! Mas quem pode entender isso?! É um mistério profundo demais para nós. A vida cristã tem mistérios e eles não dizem respeito a milagres e manifestações sobrenaturais que causam admiração em tantos! O grande mistério da fé cristã é Deus habitando pessoa e fazendo-as novas, de um tipo que sabe amar e servir. Um tipo humilde, acolhedor, pacificador e cheio de misericórdia! Gente cujos pecados foram perdoados e é essa sua credencial. Isso é o que deve de fato causar admiração. Qualquer outra coisa, ainda que grande aos nossos olhos, é apenas presunção espiritual e completamente vazia de sentido para Deus.