Grupo de Orações online

É verdade! (Devocional Diária – 28-Nov)

“Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mateus 11.30)

E então? Você já é um seguidor de Jesus? O que acha de Seu jugo e de Seu fardo? São realmente “leve e suave” para você? Deixe-me ser bastante sincero: por muito tempo li (e escutei a leitura) dessa afirmação de Jesus com graves desconfianças. Não me parecia que era de fato assim. Afinal, eu precisaria dizer “não” a mim mesmo para segui-Lo! Como isso poderia ser considerado suave e leve? Aprendi tantas proibições com as quais deveria me conformar e tantos deveres a cumprir que, sinceramente, o jugo e o fardo de Jesus poderiam ser bons para mim, benéficos e compensadores, mas, suave e leve, definitivamente, não. Mas acabei descobrindo que a má impressão que carregava sobre Ele estava errada. Minhas desconfianças eram mal fundamentadas.

Ensinaram-me a entender de forma errada a fé certa que me transmitiram. Hoje, o amor e a graça de Jesus, Sua paciência, bondade e as certezas que me oferece confirmam Suas palavras. Confiar em Jesus e segui-lo, tomar sobre mim Seu jugo e fazer o que Ele manda (Seu fardo), confirmam tanto leveza quando suavidade. Por muito tempo carreguei as restrições de minha religiosidade e o peso imposto pela consciência de outras pessoas. Mas tenho superado, ainda que lentamente, esse tempo. Ainda vale o fato de que devo dizer “não” a mim mesmo. Ainda é verdade que há coisas que devo evitar e mudanças profundas a se realizarem em minha vida. É certo que, guiada pela fé em Cristo, minha consciência reprova alguns (as vezes muitos) de meus atos. Mas, em tudo isso, sigo encontrando vida. Uma vida do tipo leve e suave, pois, em todo tempo, sinto-me amado!

Verdadeiramente, todo peso e aspereza próprios da vida de pessoas pecadoras – nós – Jesus levou na cruz do Calvário. Ele tomou sobre si nossas dores e sofreu o castigo que nos possibilita viver em paz (Is 53.4-5). Nenhum de Seus mandamento é um peso que nos esmaga e esgota. Ele nos chama a uma vida desafiadora, marcada por amor a Deus e ao próximo, em que servir não é uma opção e perdoar é um dever inalienável. Andar com Ele faz crescer em nós a clareza de que há muito que mudar e aprender. Mas, ao final de cada dia como Seu seguidor, após ter feito decisões e escolhas influenciadas pelo compromisso de obedece-lo, sentimos gratidão, dignidade e a sensação de que viver é muito bom! Os dias escuros existem, mas passam. Perdas acontecem, mas a vida segue. Ele cuida de nós. É totalmente verdade: Seu jugo é suave e Seu fardo é leve!