Grupo de Orações online

Deus está nos céus (Devocional – 07-Jan)

“…porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém.” (Mateus 6.13b)

Dev215Onde Deus está? Esta é uma pergunta recorrente na experiência humana. Especialmente nos momentos de tragédia e dificuldades. Nos momentos de calmaria não nos lembramos muito dele e a ideia de que não esteja por perto não nos incomoda. Há muitos que já desistiram de Deus e muitos outros que parecem nunca ter crido em Sua existência. Talvez a maioria de nós concorde que Ele tem estado muito silencioso. Há alguns que afirmam viver sob Sua constante manifestação, em círculos de fé em que Sua voz é ouvida frequentemente ou até diariamente. Mas as vezes parece que o deus que emerge dessas manifestações tem mais a ver com o coração humano que com o Deus de Jesus, o Deus que ele revelou em seu próprio modo de viver. São deuses que desumanizam pessoas, que propõem barganhas: entregue isso se quer receber aquilo! Onde está realmente Deus?

A oração que Jesus ensinou começa respondendo essa questão: Pai nosso que está nos céus. Não se trata de Sua localização, mas de Sua natureza. Pois só encontra-se com Deus quem se relaciona com Sua verdadeira natureza. Do contrário nos relacionamos com deuses outros. O nosso Pai é quem Ele é e é diferente do que gostaríamos que Ele fosse. Ele tem existência própria e não é fruto de nossa imaginação. Por isso Ele nos frustra, nos intriga, nos parece imprevisível. Por isso é ridícula a tentativa de manipula-lo. Nós somos daqui, vivemos aqui, vemos a vida com as limitações daqui. Nosso Pai está nos céus e vê tudo de uma perspectiva própria. Ele nos ama, mas não se vendeu a nós e nem teme nos decepcionar. Ele se dá a nós, vem a nós com Seu Reino e nos propõe a Sua vontade, para que seja feita na terra como ela é feita no céu. Ele nos desafia a crer e confiar. Ele não precisa provar que está no comando. Ele está, sempre esteve e sempre estará. Por isso a pergunta “onde Deus está?” já deixa claro que estamos de olhos fechados para vê-lo.

Assim, Jesus termina a oração nos lembrando que a Ele, ao Pai que está nos céus, pertencem o Reino, poder e glória. Toda honra é dele. Todo poder ou glória nas mãos de qualquer ser, humano ou angelical, é uma usurpação, é um estelionato. Deus é o Senhor Soberano e nos fez capazes para tomar decisões e dar rumo à nossa história. Estamos errando muito ao fazer isso, por não reconhecer a soberania de Deus. Ele não nos tirará essa capacidade, não nos castrará o direito de decidir, de escolher. Ele nos criou para sermos responsáveis e a vida aqui se realiza com o exercício de nossa vontade, desde o seu início. Não é aleatória e nem pré-determinada! O caminho para que tudo melhore é nossa submissão pela fé. É aprendermos a viver como quem realmente crê que a Ele pertencem o Reino, o poder e a glória. É aprendermos a obedecer e amar. Em 2016 desejo-lhe mais do governo de Deus e da realização da vontade dele em sua vida. Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com você.