Grupo de Orações online

Adoração (Devocional – 12 de Junho)

Esta é a minha oração: que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda a percepção, para discernirem o que é melhor, a fim de serem puros e irrepreensíveis até o dia de Cristo, cheios do fruto da justiça, fruto que vem por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.” (Filipenses 1.9-11)

Adorar a Deus é algo de que falamos e ouvimos com muita frequência. Mas, o que e quando realmente adoramos a Deus? Como em outras dimensões de nossa existência em que podemos nos enganar com formas e aparências, também na adoração a Deus isso acontece. Frequentemente cantamos para adorar a Deus, mas, de fato, o adoramos com nossas canções? Quando honramos a Deus com os lábios mas temos o coração distante dele, o que nossos lábios dizem de nada vale (Mt 15.8). Podemos até viver com muita rigidez, mas se o que seguimos são regras humanas, nossa austeridade para com o corpo em nada honra a Deus (Mt 15. 9). Se não amarmos a Deus e às pessoas e não vivermos guiados pelo amor, fracassaremos na adoração.

Por isso Paulo disse aos Filipenses que a sua oração era para que eles amassem cada vez mais. Que o amor os levassem à maturidade. Um amor não apenas emocional, mas caracterizado pelo conhecimento e pelo discernimento. Um amor de atitudes e ações, que se revelasse por escolhas sensatas. A falta de amor nos leva a perder tempo e energia com o que é de pouca ou nenhuma importância. Tantas vezes, não é por bobagens que criamos caso? Quando nos falta amor ficamos sujeitos a isso. Sem amor facilmente criamos uma tempestade num copo de água! O amor é paciente e pacificador. Quando agimos sob a influência do amor agimos com mais sabedoria. E é o amor que nos fortalece para vivermos de forma ética. O amor fortalece o caráter e aprimora a conduta.

Por amor podemos crescer e amadurecer para viver de forma correta (palavras, atitudes e ações). Tanto aos olhos de Deus, que vê o interior, como também diante dos homens, pois somos levados a produzir, pelo amor, frutos da justiça, que vem por meio de Cristo Jesus e que resultam em glória e louvor a Deus. Aprendendo e crescendo no amor, aqueles irmãos adorariam a Deus. O mesmo aplica-se a nós. Adoração é fruto do que somos e fazemos porque amamos a Deus e às pessoas. Sem amor, ainda que realizemos milagres, conheçamos todos mistério e pratiquemos sacrifícios a ponto de morrer como mártires aos olhos humanos, não adoraremos, não haverá valor algum (1 Co 13.1-3). Como amar e crescer no amor? Crendo no amor de Deus, nos deixando ser amados por Ele e escolhendo amar nosso próximo com o amor que Deus nos ama!