Grupo de Orações online

A dor, a fé e a obediência (Devocional – 30 de Março)

“Ao vê-los, ele disse: Vão mostrar-se aos sacerdotes. Enquanto eles iam, foram purificados.” (Lucas 17.14)

Esta foi a resposta de Jesus aos dez leprosos que clamaram a Ele por ajuda. “Jesus, Mestre, tem piedade de nós!”. E Jesus teve. Jesus sempre é piedoso e misericordioso. Nosso sofrimento e dor importam para Ele, afinal, Ele nos ama! Ele é a manifestação do amor de Deus por nós! Dizer que Ele nos ama é o mesmo que dizer que somos amados por Deus. Jesus manifestou seu amor e piedade por aqueles homens dizendo-lhes que fossem apresentar-se aos sacerdotes. E eles foram. A dor que os uniu também os fez prontos para crer e obedecer. Clamar a Jesus foi um ato de fé, assim como é um ato de fé quando oramos. Mas a fé deles seria provada pela obediência. E eles obedeceram. Crer é mais que apenas acreditar, nutrir um sentimento de quem acredita. Crer é, sobretudo, obedecer. E, algumas vezes, será a única forma de crer realmente.

Se cremos no amor de Deus e se cremos que Ele cuida de nós, como estamos agindo em nosso dia? Como enfrentamos as lutas e tratamos as pessoas? Se cremos que a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita, como reagimos quando Ele não faz o que queremos e pedimos “com tanta fé”? Aqueles homens creram e obedeceram. Clamaram por piedade e não questionaram a piedade que receberam! E quando estavam a caminho, percebem-se curados, purificados. A obediência pela fé pode ser um momento de grande tensão. Como se estivéssemos de um lado e tivesses que escolher outro, dando um passo na direção oposta, e que não gostaríamos! A direção que nos aprece mais difícil. De alguma forma sabemos que é o que devemos fazer e com toda certeza sabemos que não é o que queremos fazer.

Se confiarmos e obedecermos, teremos crido e perceberemos como foi bom ter crido! Sempre que cremos, crescemos e torna-se um pouco mais fácil continuar crendo e obedecendo. A falta de fé também nos afeta, da mesma maneira, mas em sentido contrário. A desobediência nos prepara para mais desobediência! Talvez você enfrente hoje ou nos próximos dias algo que lhe coloque diante desse dilema: crer e obedecer ou fazer a própria vontade. Minha oração é que você creia e obedeça! E oro para que sua “tensão” será verdadeira, fruto da manifestação da vontade de Deus e não da pressão da vontade dos homens. Oro também para que você não precise da dor para ser mais obediente, mas que seja o amor de Deus a sua inspiração. A dor pode ajudar a crer e crer, às vezes, pode doer.